A Lição do “Entra por um Ouvido, e sai pelo outro” da Maternidade…

Ens_14

Fotografia: Anderson Oliveira

“Depois que a gente vira mãe, aprendemos de verdade o tal do “Entra por um ouvido, e sai pelo outro

No começo, pode até ser que apanhemos, demoremos para aprender esta lição. Rs Rebatemos ou Não, e caladas nos enfurecemos.

Mas, mesmo demorando a compreender… A Gente Aprende! E a partir daí… Tudo fica mais leve. É o jeito! É o Segredo pra ser Feliz neste mundo materno.

Antes de tudo, os achismos já florescem… Lá na gestação… Todos já sabem o que fazer e não fazer, e o que você deve ou não fazer com o seu bebê. Menos Você! (Pelo menos é o que pensam. Ok?)

Primeiro, alguns acham que o seu parto deveria ser Normal… Outros já acham que você apenas precisa estar segura com a sua decisão final… Sendo Normal ou Cesárea. Outros Ainda te assustam com a ideia de um parto normal, e dizem que cesárea é a melhor opção.

Ah! E sobre os tipos de anestesias de parto? Alguns contam sobre as terríveis reações que já viram acontecer com conhecidos… Outros lhe tranquilizam dizendo que não é o bicho, e tudo dará certo. Outros ainda te contam da falta de ar que sentiram durante a cesárea que fizeram (Tive Nada Ta!?)… Iiih… A lista é longa e vou parar por aqui sobre os conselhos que já ouvi de parto…

E Adiante, alguns acham que seu filho está com frio… Outros acham que não, que você deveria colocar menos roupas…

Alguns recomendam não deixar jamais de esterilizar as mamadeiras e chupetas a cada uso… Outros já dizem que quando tiveram seus filhos, não faziam isto, e estão vivos até hoje…

Aliás! Sobre os Filhos dos outros “estarem vivos até hoje”, apesar de tantas loucuras que se faziam tempos atrás… Você ouve muito! Rs

– “IMUNIDADE Minha filha! Ta Ganhando Imunidade…” 

Alguns aconselham a não dar chupeta jamais ao seu bebê… Outros já te julgam por não ter dado logo, e insinuam este ser o motivo do seu sofrimento maior…

Alguns quando veem seu bebê com o nariz fechadinho, acham que você deveria perguntar ao pediatra se é normal que o seu bebê esteja respirando pela boca (Você não pensou nisto não é mesmo?), outros recomendam o “sorinho” que imaginam que possa dar certo e ajudar…

Alguns acham que você não deveria deixar que os outros peguem seu filho no colo o tempo todo, ou você mesma não o pegue tanto. Pra não o deixá-lo mal acostumado… Outros acham que você já não deveria negar colo, se não ele traumatiza.

Alguns acham que você deveria o acostumar a dormir com barulho… Outros já acham que não tem nada a ver esta teoria, e você deve deixar o seu filho confortável no escurinho e em silêncio.

Alguns acham que você não deve de forma alguma parar de amamentar (Até os 2 anos de idade)… Outros já respeitam a sua decisão caso pare, e te entendem sabendo o quanto é difícil prosseguir.

Alguns questionam o porquê de você ter comprado termômetro pra banho, sendo que podemos medir na mão a temperatura da água… Outros já recomendam usar sim, e deixar a água em média em uma temperatura de 37 graus, dependendo do clima.

Alguns dizem que você não deve deixar seu filho o dia todo assistindo desenho animado… Outros já dizem pra deixar sim de vez em quando, ainda mais porque sabem o quanto é difícil ficar sozinha com o bebê, e pra ter um tempo pra você, às vezes é preciso.

Alguns dizem pra não colocar na escolinha tão cedo… Outros já dizem que não faz mal algum, e que na escolinha eles aprendem muito mais do que em casa, e não há mal algum em por logo na escola para poder voltar à vida normal, profissional, e outras atividades…

Tanto dizem tantos por aí…

Tão pouco os que dizem vivem, ou já vivenciaram a maternidade…

Tantos conselhos à solta… Tão poucos para guardar e praticar.

E então depois de um tempo a gente descobre o tal do “Entra por um ouvido, e sai pelo outro”

Assim… Bem Assim.

Tantos outros acham e continuarão a achar… Mas saber, e fazer, Só eu a MÃE continuarei a Acertar. Ou a Errar?

Sei lá! Mas sendo errando ou acertando, quero eu desenhar…

Sendo Mãe, Só assim, Só Eu e meu filho, Vivendo em nós… Vivendo em Mim.”

____________________________________

E Vocês têm lembrado desta lição? Rs

Daniel está com 10 meses, e ainda estou naquela fase inicial… Já melhorou muito. Pois sabemos que até aqui, complicado mesmo é até completar 3 meses de vida. Rsss

Uma das partes mais difíceis da maternidade para mim, é a parte do relacionamento com as outras pessoas que por ali vivenciam de certo modo estes momentos com nós e o bebê.

Mas por quê?

Estamos atordoadas com tantos choros, novidades sobre este mundo, que acredito que mesmo se estivesse no segundo filho, sempre terá uma novidade… Pois como dizem né… “Filho não vem com manual”, e todos são diferentes uns dos outros…

No segundo acredito que já estarei “Vacinada” com relação a todo o jogo emocional que envolve este momento, e com certa experiência (Se tiver o segundo. Rs). Mas, sempre haverão novidades… 

Enfim, ter que lhe dar com as novas emoções, estar de bom humor, cuidar pra não perder a cabeça… Não é fácil!

Por isto! Acho uma parte bem delicada. 

Precisamos praticar a lição do ouvido meninas! 

E #Partiu Ser Feliz! 😉

Beijos,

Pri

COMENTE

(Texto por: Priscilla Stallbaum Lopes)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s